Ontag Marketing Digital

Marketing de Influência

Marketing de Influência: o BOOM da década

Gostamos de pensar que somos seres livres, mas sabia que entre 30 a 60% do nosso comportamento e personalidade são influenciados por fatores e pessoas que nos rodeiam?

É verdade! Com frequência, os seus comportamentos não são efetivamente seus, mas sim das pessoas com quem passa mais tempo e dos ambientes que frequenta.

Nunca antes a frase

“Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és.” Johann Goethe

fez tanto sentido, não é verdade?

Então … Se nem a nossa personalidade é 100% nossa, que mais áreas da nossa vida são influenciadas por fatores externos?

Por mais assustador que isto possa ser, a realidade é que não há nada na nossa vida que não esteja a ser influenciado por alguma coisa.  No entanto, isto não é necessariamente uma coisa má para o seu negócio. Sabe porquê? Se tudo na nossa vida é influenciado, quer dizer que até os nossos hábitos de consumo o são!

Nos dias que correm confiamos tanto nas pessoas com quem lidamos pessoalmente, como naquelas que acompanhamos diariamente nas redes sociais.

Nesse sentido, hoje queremos falar-lhe de um dos maiores BOOM da década, uma das melhores estratégias de Marketing dos últimos tempos: o Marketing de Influência.

 

Conheça de que forma o Marketing de Influência pode ser a sua melhor ferramenta de vendas! 

Mas primeiro o que é o Marketing de Influência?  

O Marketing de Influência ou Influencer Marketing é uma estratégia de marketing digital que envolve uma colaboração entre uma marca e um influencer digital (produtor de conteúdos digitais). O principal objetivo desta parceria é estabelecer uma ligação entre a marca e o público-alvo dos produtores de conteúdo, o que pode simbolizar um impacto muito positivo na estratégia de marketing digital da marca, uma vez que os influenciadores têm a capacidade de impactar a imagem de uma marca nos seus seguidores.

Porque têm os influencers que acompanhamos nas nossas redes sociais tanto poder sobre nós? 

Os Influencers são pessoas que usam plataformas online, como redes sociais, blogs, Youtube, Tiktok, entre outras plataformas, para construir um vasto conjunto de seguidores e influenciar opiniões e comportamentos desse grupo de pessoas. Normalmente, criam conteúdo à volta dos seus interesses, gostos e estilos de vida, com o objetivo de atrair seguidores que se identifiquem com eles.

 

Somos tão influenciados por estes produtores de conteúdo porque nos identificamos e confiamos neles.  

Mas se nem os conhecemos, de onde vem tanta confiança?

Uma vez que os Influencers são pessoas “comuns”, tal como os consumidores, é possível criar o elo perfeito entre a marca e um público específico, que os respeita e confia neles.

Essa confiança deve-se a inúmeras razões:

– Autenticidade: Os influencers costumam partilhar as suas experiências pessoais e opiniões honestas sobre produtos e serviços, o que fortalece a ligação emocional com os seguidores, já que os leva a pensar que os influencers são autênticos e genuínos.

– Especialização: Regra geral, os influencers concentram-se em nichos muito específicos, como moda, beleza, culinária, fitness, entre outros. Desta forma, possuem um elevado conhecimento sobre os assuntos em que os seguidores têm maior interesse, o que costuma torná-los uma fonte fiável de informação.

– Persuasão: Como costumam possuir um elevado número de seguidores, é frequente que lhes seja conferida alguma influência, o que terá impacto quando estes recomendarem ou mostrarem que usam/gostam de determinado produto e/ou marca.

Por estas razões, as marcas encontram nos influencers uma ótima oportunidade de parceria que irá contribuir para a potencialização e confiança da sua imagem.

No entanto, é importante ter em consideração que nem todos os influencers são confiáveis ou têm o mesmo nível de influencia. É crucial que antes de escolher o influencer em que quer apostar para divulgar a sua marca ou produto, faça uma pesquisa e uma avaliação do perfil, e de outras eventuais parcerias que este possa ter. Afinal, nada descredibiliza mais um influencer que uma informação contraditória ou que nada tenha a ver com o seu conteúdo.

Como posso aplicar o Marketing de Influência no meu negócio?

  1. Defina os seus objetivos

Comece por definir qual o principal objetivo da sua equipa?

Divulgar uma marca? Vender um produto?

Com o objetivo bem definido, determine:

  • De que forma é que um influenciador o pode ajudar?
  • Qual é o nicho que pretende atingir?
  • Esse nicho é habitualmente atingido por influenciadores?
  • Qual é o orçamento que vai pretender gastar?
  1. Conheça muito bem o seu público!

Se ainda não tem o seu público-alvo definido, saiba que este é uma peça chave para a sua estratégia de marketing digital. Por isso, defina-o bem.  Estude os seus hábitos de consumo e o tipo de conteúdo digital que ele consome.

Tendo o seu público-alvo bem definido, aprofunde o seu comportamento. É importante conhecer o seu público para saber como alcançá-lo, e como estabelecer um bom relacionamento dele com a sua marca, utilizando os influencers corretos.

  1. Planeie as suas ações em conjunto com os influenciadores

Com o seu público-alvo bem definido, e com os influenciadores corretos do seu lado, o próximo passo é planear as suas ações, em conjunto com eles. Quando o influenciador concordar em trabalhar com a sua marca, formalize o acordo e definam o plano de ação, onde são alinhadas as expectativas e os detalhes do contrato, como o tempo de veiculação e as exigências da exclusividade.

  1. Na hora de escolher os seus influencers, não olhe apenas para o número de seguidores

É muito fácil cairmos na tentação de procurar um influencer apenas pelo número de seguidores. No entanto, muitos seguidores nem sempre irá significar muitas vendas. Por vezes, é preferível escolher um influencer com um número mais baixo de seguidores, mas com um grau de influência maior no seu público.

Na hora de escolher o seu influencer, procure alguém real. Alguém com quem o seu público-alvo facilmente se irá identificar. Além de que, um influenciador com um elevado número de seguidores vai representar um investimento mais elevado. Por isso, na hora da escolha, analise mais do que só o número de seguidores.

  1. Deixe o influenciador fazer o que ele faz melhor

Às vezes, é normal querermos controlar tudo na nossa marca. Cometemos o erro de achar que só nós é que sabemos o que é melhor para ela. No entanto, esta nem sempre é a realidade. Os influenciadores conhecem melhor que nós os seus seguidores. Por isso, eles melhor que ninguém, saberão a melhor forma de comunicar e de posicionar a sua marca. Por isso, respeite a liberdade criativa deste, e deixe-o fazer o que ele faz melhor.

Para finalizar, queremos apenas deixar-lhe um último alerta. O mundo das redes sociais é um terreno extremamente mutável. Lembre-se do que era o Instagram há 5 anos, ou o Facebook há 10. Sendo este um mercado em constante transformação, procure estar atento a estas mudanças, para se conseguir adaptar.

No mundo dos negócios, melhor do que ter uma ideia excelente, só mesmo ter uma estratégia de marketing atual, na Ontag Global Marketing Solutions podemos ajudar nesse sentido.

 

Escrito por Inês Oliveira, digital marketeer.

FOLLOW ONTAG

Com a Ontag, pode entrar em contacto connosco sempre que precisar.

Juntos vamos
criar inovar conquistar

Serviços

Ontag portugal

AGÊNCIA MARKETING DIGITAL

Ontag Marketing Digital